Resenha: Cartas de um diabo a seu aprendiz – Livro

Livro: Cartas de um diabo a seu aprendiz

Autor: C. S. Lewis

Editora: WMF Martins Fontes

cartas-diabo-aprendiz-lewis

“Querido Vermebile,”

Cartas de um diabo a seu aprendiz é um livro contado pelo ponto de vista do diabo Fitafuso que em forma de cartas aconselha seu sobrinho Vermebile a como conseguir fazer um humano cair em tentação, é claramente uma maneira irônica de fazer diversas criticas a sociedade e a religião da época. O livro se passa durante a segunda guerra mundial, Vermebile é um diabo que acabou de se formar na Faculdade de Treinamento de Tentadores e está em sua primeira missão de tentar conseguir a alma de um humano, seu “paciente” como é chamado no livro é um homem jovem de classe média que leva uma vida comum, como qualquer outro jovem inglês da época. Não é possível se saber com precisão no livro qual o conteúdo das cartas que Vermebile manda para seu tio, temos somente as cartas de resposta de Fitafuso, onde ele fala resumidamente sobre a carta que recebeu e da dicas a seu sobrinho de como prosseguir.

Fitafuso fala muito sobre Deus (ou o Inimigo como é chamado no livro), sobre como os humanos pensam e quais as principais tentações em que caem. Apesar de ser um livro antigo é possível identificar muita coisa do que é descrito com a sociedade atual e ver o quão atual ainda são as criticas de Lewis.

Clive Staples Lewis foi um  professor universitário, teólogo anglicano, poeta e escritor britânico, é mais conhecido por ter escrito os livros da coleção “As crônicas de Nárnia”(livro que ainda não tive oportunidade de ler mas já está na minha lista), pelo que pude ver pelos filmes, “As crônicas de Nárnia” também tem, de uma maneira mais sutil, um forte teor religioso, notei isso principalmente no último filme onde se tem o mundo de Aislan e vou parar por aqui para não dar spoiler para quem ainda não viu o filme. O teor religioso parece ser um traço nos livros de Lewis, mas não de uma maneira em que se pensa: “estou lendo um livro sobre religião”, ele consegue trazer os temas do cristianismo de uma maneira irreverente, que te faz pensar sobre o assunto e te diverte ao mesmo tempo.

Não me considero uma pessoa muito religiosa e nem tenho o costume de ler sobre o assunto, mas o livro Cartas de um diabo a seu aprendiz prendeu minha atenção e me fez refletir bastante sobre o tema e principalmente sobre diversas atitudes que tomo e porque as tomo. É um livro mais cansativo por esse motivo, por te fazer refletir sobre diversos temas da sociedade e como você se encaixa e se posiciona sobre eles, mas apesar dessa “densidade” não deixa de ser um livro divertido e as avessas, pois Fitafuso defende totalmente o Inferno e a infelicidade das pessoas.

Um fato interessante é que este livro foi dedicado ao amigo de Lewis, com cara pouco conhecido chamado J. R. R. Tolkien.(Para quem não sabe, o autor de: O senhor dos Anéis, O hobbit, entre outros) e esse na verdade foi um dos principais motivos para eu ter me arriscado a ler. Eu acho o Tolkien um cara fantástico e imaginei que para Lewis que era um amigo ter dedicado esse livro a ele valia a pena ser lido e não estava errada.

Recomendo o livro para quem quiser ler algo divertido mas ao mesmo tempo critico (como é o caso do ” O guia do mochileiro das galáxias”), para quem esta procurando uma leitura somente para relaxar talvez esse não seja o livro certo. Pensei em entrar mais a fundo e discutir alguns dos temas que são levantados no livro mas vou deixar essa para vocês refletirem.

Acho que por hoje é só! Até a próxima e boa leitura.

 

 

 

 

Divergente

Livro: Divergente

Autor: Veronica Roth.

Editora: Rocco

 

Seguindo a onda de distopias futurísticas, Divergente é um livro que se aproxima muito da tão aclamada trilogia Jogos Vorazes de Suzanne Collins. Assim como o último, Divergente é uma leitura rápida e fácil, te prende do começo ao fim. Porém, a história de Veronica Roth não apresenta um clímax tão acentuado.

111562410SZ

A narrativa se passe em um planeta (pais ou cidade, isso não fica bem definido no livro) devastado pela guerra. Para sobreviver a esta situação a sociedade remanescente se isolou do resto do planeta, separados por uma cerca que impede a entrada ou a saída de qualquer indivíduo, e criou um sistema de castas, onde cada uma das castas era composta por pessoas que apresentavam as mesmas características/qualidades. As 5 castas – chamadas no livro de facções – existentes nessa sociedade são:  Abnegação (os altruístas); Amizade; Audácia; Sinceridade e Erudição (os inteligentes).

Todo indivíduo, ao completar 16 anos, deve escolher entre uma dessas facções, de acordo com o resultado de um teste de aptidão criado pelos líderes da sociedade. Dependendo da facção que escolher, o indivíduo poderá mudar sua vida completamente, tendo que abandonar a família para morar com o novo grupo.

É nesse cenário que se encontra a personagem principal Beatrice Prior. Às vésperas da cerimônia de seleção, Beatrice ainda não faz ideia de qual facção escolherá e o que a espera no futuro.

divergente2

A narrativa é feita em primeira pessoa, sempre sobre a perspectiva de Beatrice. A personagem principal acaba tendo certa profundidade psicológica, uma vez que toda a narração gira em torno dela. Porém, todos os outros personagens são apresentados de forma superficial e não sabemos muito sobre o que se passa na cabeça deles.

Na facção que escolher, Beatrice acabará encontrando uma outra pessoa (apelidado de Quatro), pela qual ela se apaixonará. Esses momentos do livro em que a relação dos dois é descrita são bem maçantes. Acredito que a autora adicionou essa história de amor para poder apresentar mais camadas de emoção da personagem principal, mas acaba desviando um pouco a atenção do assunto principal.

O final do livro deixa o leitor cheio de expectativas, uma vez que ele termina em um momento crucial da história. O começo do segundo livro (Insurgente) já retoma a sequência no mesmo ritmo que acabou o primeiro livro. É talvez por essa falta de desfecho muito bem definido do primeiro livro que me faz acreditar que o livro não tenha um clímax tão acentuado. Aparentemente, os três livros poderiam ser consolidados e a leitura seguiria de uma só vez.

 

No geral, a trilogia é bem interessante. Recomendo a aqueles que leram e curtiram muito jogos vorazes, apesar de achar que a saga Divergente não supera a história narrada em Panem!

Para aqueles que também se interessar, o filme adaptado deste livro estreia dia 17 de abril (quinta-feira) nos cinemas do Brasil. De acordo com algumas críticas já publicadas, o filme é bem fiel ao livro.

Os livros do momento

Olá, pessoal!

O que você tem lido ultimamente? Livros mais curtos ou mais longos? Livros que estão em alta ou não?

Vamos conferir os livros mais vendidos em Abril.

Segundo o site do Submarino, a coleção Harry Potter ainda está em alta!

submarino

No mês de Abril, o Submarino lançou uma promoção da Coleção Harry Potter – Edição Limitada: todos os sete livros por apenas 69,90 reais. Quem segue a página do As Mil e Uma Letras no Facebook certamente aproveitou essa oportunidade! =]

Já a Livraria Saraiva faz uma atualização diária dos livros mais vendidos:

saraiva

E parece que a literatura religiosa está superando a erótica. Será?

A Fnac liberou apenas um livro como o mais vendido, mas não dá indicações de tempo.

fnac

A Livraria Leitura indicou os mais populares, como a seguir:


De: 39.90
Oferta: R$ 29.99
Cinquenta Tons De Cinza – Oferta Especial

Por: R$ 39.90
Lincoln

De: 29.90
Oferta: R$ 25.90
Casamento Blindado

De: 24.90
Oferta: R$ 21.90
Lado Bom Da Vida, O

De: 39.90
Oferta: R$ 35.90
Danuza E Sua Visao De Mundo Sem Juizo

De: 29.90
Oferta: R$ 24.90
Eu Nao Consigo Emagrecer

De: 24.90
Oferta: R$ 22.41
Cinquenta Tons Mais Escuros

De: 39.90
Oferta: R$ 29.99
Giane Vida, Arte E Luta – Oferta Especial

De: 43.00
Oferta: R$ 37.90
So O Amor Consegue – Zibia Gasparetto

De: 39.90
Oferta: R$ 29.99
Cinquenta Tons De Liberdade – Oferta Especial

Nessa caso, parece que 50 Tons ainda está no auge, e tem como segundo lugar Lincoln, livro referente ao filme dirigido por Steven Spielberg e com o genial Daniel Day Lewis, vencedor do Academy Award de Melhor Ator em 2013.

A Estante Virtual liberou os mais desejados do momento em seu site:

estantevirtual

Como o Estante Virtual é um site que relaciona sebos, dá para reparar que os livros procurados são diferentes dos procurados em outros websites, né?

E por último, o Top Mais Favoritos do SKOOB.

skoob

E pelo Skoob vemos Harry Potter ainda em alta, mas A Menina Que Roubava Livros na frente! (Preciso ler esse livro, minha Wishlist!)

E aí? Qual dos sites mais combina com o que você acha? =]

Bom domingo, pessoal!

A Bússola de Ouro, de Philip Pullman

Um livro incrível para te fascinar e te fazer refletir.

Com uma história impecável, cheia de reviravoltas, personagens profundos e interessantes, Philip Pullman traz a visão de um mundo cheio de fantasia, que mais tarde se torna uma coleção de universos, um mais interessante que o anterior.

O livro prende a atenção e faz o coração bater mais forte e mais rápido a cada página, fazendo crescer cada vez mais o fascínio por essa partícula: o pó…

Muito criticado pela Igreja Católica por sua visão da Igreja (chamada por ele de Magistério) como controladora das massas e maior opositora ao livre arbítrio, Pullman, que à todo momento replicou as manifestações negativas da igreja afirmando que sim, seu livro possui ideais do ateísmo, indaga diversas vezes o leitor sobre a possibilidade de um mundo livre da opressão religiosa sobre o âmbito científico e, principalmente, sobre o que diz respeito ao caráter legal e moral.

Independente da religiosidade de cada um, é um livro brilhante, cativante e viciante!

Indico a qualquer um, independente da idade ou gênero.

Resenha por RZP

Indico: The Casual Vacancy, de J. K. Rowling

Olá, pessoal!

Ontem terminei de ler The Casual Vacancy (Morte Súbita é o nome do livro em português), escrito por ninguém menos que Joanne K. Rowling, e achei interessante contar  a vocês, uma vez que é um livro que mudou minha forma de pensar.

2012-11-01 19.50.36

Quando ouvi falar desse livro da Rowling, eu estava na Bienal do livro, e havia um estande muito grande fazendo a propaganda. “Um livro para adultos”, dizia o sinal. E, para qualquer fã de Harry Potter, isso era um sinal maravilhoso, não acha? Um livro escrito por ela que fosse mais adulto seria surpreendente!

555560_472493212769462_797239345_n

Resumo da ópera: Fiquei muito intrigada.

Meu aniversário chegou e acabei ganhando de presente o livro em inglês, hardcover e tudo o mais, estilão inglês mesmo. Como o tempo era escasso, e eu queria ler com a maior atenção que podia, resolvi encarar só nas férias, final de janeiro para os estudantes de universidades federais.

Enfim, quando comecei a ler, não gostei muito de cara. O primeiro capítulo é meio chocante, com uma morte súbita (daí o nome do livro), bem naturalista em uns aspectos, e logo em seguida passa a descrever a vida de alguns personagens.

Todos os personagens citados no livro têm um problema sério em suas vidas, seja uma doença psicológica, vício em drogas, problemas no casamento, problemas com os pais e assim por diante. A morte súbita de Barry Fairbrother gera uma série de acontecimentos em uma cidade pequena, uma vez que ele era do Parish Council (uma espécie de Câmara dos Vereadores da cidadezinha de Pagford), ou seja, uma figura política. Barry era um bom homem e lutava para que a clínica de reabilitação para usuários de drogas ficasse aberta, mas os habitantes da cidade não eram a favor dessa clínica.

2013-01-26 13.35.55-2

Enfim, não vou dar muitos spoilers. É um livro que trata muito do relacionamento humano e da falta que ele faz. Mostra como deixamos de ser humanos e como somos em geral individualistas. Indico, com certeza, caso você queira um livro para refletir. É uma história triste sobre a realidade das pessoas, e foca bastante no ser humano como animal em algumas partes (bem naturalista mesmo).

Se desejar um livro para relaxar, eu não indicaria. É bem triste e envolvente, ou seja, eu acabei chorando com a história de alguns personagens. hahahaha.

2013-02-03 10.46.54

Ele tem 500 páginas em inglês e a linguagem é bem trabalhada, adoro o jeito que ela escreve!

Então, INDICO. Lindo, lindo!

Indico: O Aprendiz, de Joseph Delaney

O Aprendiz narra em primeira pessoa seu desenvolvimento como aprendiz de caça feitiço.
Thomas Ward é um sétimo filho de um sétimo filho e nasceu com as habilidades necessárias para ser um caça feitiço.

image

O livro foi escrito por Joseph Delaney e tem um teor de terror leve infanto-juvenil. Um caça feitiço deve ser capaz de exorcizar pessoas possuídas, matar feiticeiras, aprisionar ogros, entre outros deveres. É de sua responsabilidade que o Condado seja protegido das trevas.
Por isso, as pessoas do Condado aacabam sentindo medo deles, uma vez que sua presença “atrai” um mau agouro.

É um livro rápido de ler, com 200 páginas mais ou menos, fácil fluência e diálogos leves. Quando quiser dar uma respirada entre 1984 e Laranja Mecânica, é uma boa. Hahahahaha

Indico! Gostei bastante e é um livro barato. Faz parte de uma série de livros, então, quem estiver afim de se divertir por um tempo, vale a pena.

Se você quiser ler algo mais intelectual, em questão de best sellers, eu indicaria Jogos Vorazes.

Até mais e boa leitura! 🙂