Resenha: FAHRENHEIT 451, de Ray Bradbury

Olá, pessoal!

Tudo bem com vocês? Hoje estou aqui para apresentar-lhes um livro um pouco mais antigo, um pouco menos comentado do que Jogos Vorazes, mas que tem tudo a ver!

Ambos são livros sobre distopias, ou seja:

“Em Filosofia, através da mesma raiz etimológica surge o termo distopia (ou antiutopia) como o oposto de utopia. A distopia é um pensamento filosófico que caracteriza uma sociedade imaginária controlada pelo Estado ou por outros meios extremos de opressão, criando condições de vida insuportáveis aos indivíduos. Normalmente tem como base a realidade da sociedade atual idealizada em condições extremas no futuro.”

Os livros distópicos estão em alta, principalmente, por causa do efeito que o Jogos Vorazes teve na população. Infelizmente, a maioria das pessoas não se informa e não consegue entender a importância dos livros distópicos para a análise da sociedade em que vivemos.

Por isso, não basta ler apenas Jogos Vorazes e Divergente e abstrair. É preciso conhecer mais sobre o gênero, não?

Então, venha conferir o FAHRENHEIT 451 e para quem se interessar, existe o filme também. =]

 

Espero que tenham gostado!

Beijos

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s